Município de Aljustrel - Terra Viva

Iniciativas

Vídeo Promocional - Aljustrel, Terra VivaPrograma Aljustrel JovemAgenda 21Ambiente - Eco AljustrelViniculturaCPCJAJulgado de PazConselho SolidárioLinha VerdePatrimónio MineiroJornal Aljustrel Terra VivaGEO_FPI

Escultura

17 de novembro

Ler Artigo

Moisés Preto Paulo expõe obras numa viagem intemporal ao mundo dos sonhos

Escultura

Escultura

No dia 17 de novembro, as Oficinas de Formação e Animação Cultural inauguram, pelas 18 horas, a exposição de escultura de Moisés Preto Paulo.

Nascido em Almada em 1963, Moisés Preto Paulo tirou o curso de escultura na faculdade de Belas Artes, e foi fundador do Centro Internacional de Escultura, em Sintra, onde vive e trabalha desde 1987.

Desde 2002, é coordenador da exposição monumental de pedra “Sintra Arte Pública”, considerada a maior exposição de escultura ao ar livre do país, e que anualmente decorre no centro histórico de Sintra.

Moisés Preto Paulo foi também cofundador da Associação “Casa das Artes”, de Sesimbra, e autor de vários monumentos e eventos nacionais e internacionais. O seu trabalho espalha-se ao longo de 30 anos e está representado em mais de 20 países. O artista participou em cerca de 150 eventos coletivos, desde exposições, simpósios, feiras, animações, e mais de 30 exposições de escultura individuais.

Moisés trabalha principalmente a pedra (mármores) e o metal, seus “materiais eleitos pela sua nobreza e ligação às estéticas e lógicas das linguagens contemporâneas”.

Conforme se pode ler no catálogo da exposição que traz a Aljustrel: “ Moisés apresenta-se como uma viagem intemporal a um mundo dos sonhos com uma visão de ironia e fantasia. Estabelecido no panorama da Arte, tanto nacional e internacionalmente, as suas composições artísticas revelam um carácter intenso, cinético e construtivo ligando-se a temáticas e experiências do quotidiano e da história, tornando-se representações interpretativas da Natureza e do ato de viver”.

A exposição irá estar patente ao público até ao dia 6 de janeiro de 2018, e como habitualmente, as esculturas poderão ser alvo de uma visita guiada, às quartas-feiras, mediante marcação prévia.