Município de Aljustrel - Terra Viva

Iniciativas

Vídeo Promocional - Aljustrel, Terra VivaGabinete Apoio ao EmigranteAgenda 21Ambiente - Eco AljustrelViniculturaCPCJAJulgado de PazConselho SolidárioPrograma Aljustrel JovemUnidade Móvel de SaúdePatrimónio MineiroJornal Aljustrel Terra VivaGEO_FPIIFRRULinha Verde

Cine Oriental

25 de janeiro

Ler Artigo

Aurea, Marco Rodrigues, Fernando Mendes e projeto Paião, em Aljustrel

Cine Oriental

Cine Oriental

É já esta sexta-feira 25 de janeiro que a cantora Aurea sobe ao placo do Cine Oriental de Aljustrel para apresentar um concerto onde irá cruzar os grandes hits de sempre com o seu último álbum “Confessions”.

Este é o primeiro espetáculo com artistas de renome nacional e internacional que a Câmara Municipal irá proporcionar ao público ao longo dos próximos meses.

Em fevereiro, este espaço de cultura irá abrir as portas, no dia 23, às 21h30, para receber o fadista, Marco Rodrigues. Com um enorme sucesso de vendas e aplaudido pela crítica especializada, o fadista já pisou os palcos em vários pontos do mundo, desde o Festival Caixa Fado em Benguela e Luanda (Angola), à Rússia ou Letónia. Neste espetáculo, na vila mineira, irá convidar o Grupo de Cantares Feminino de Aljustrel a subir ao palco com ele.  

Em março, Aljustrel vai ser novamente uma das vilas anfitriãs do FITA - Festival Internacional de Teatro do Alentejo. O Cine Oriental irá receber, no dia 19, às 21h30, a peça de teatro Pareja Abierta, da Companhia Teatro Memórias, de Honduras. 

No dia 21 de março, às 11h00 e 14h30, a Companhia Varazim Teatro irá representar a peça “ A Ilha do Desamanhã”, para o público infantil e escolar.

Por fim, no sábado 23 de março, também às 21h30, será a vez da Companhia Teatro Manual do Brasil apresentar a peça Hominus Brasilis.

Fora dos espetáculos do FITA, no dia 30 de março, o Cine Oriental promete encher a sala de gargalhadas com o espetáculo Insónias” do ator Fernando Mendes. Insónia é um espetáculo para brincar com coisas sérias, com Fernando Mendes, a atuar sozinho, na pele de Custódio Reis, um comum português de classe média, que vive afogado em dívidas e à beira do divórcio. Durante uma terrível noite de insónia vai questionar a sua vida, o que irá provocar uma hilariante crise interior.

No dia 11 maio, será apresentado, às 21h30, o álbum do projeto Paião. Este projeto de homenagem a Carlos Paião, que morreu em 1988, reflete a diversidade da obra do músico e compositor português. O projeto, da responsabilidade dos músicos João Pedro Coimbra e Nuno Figueiredo, é composto por dez canções interpretadas por Jorge Benvinda (Virgem Suta), Marlon (Os Azeitonas) e VIA.

Independentemente destes espetáculos, o Cine oriental irá igualmente abrir as portas para receber, no dia 21 de fevereiro, às 14h30 e 15h30, um Concerto Pedagógico, pelo Agrupamento de Música de Câmara da Orquestra Clássica do Sul destinado ao público escolar.

Todos estes espetáculo, exceto o concerto pedagógico e as peças de teatro do FITA”, são cofinanciados pelo Alentejo2020 - Programa Operacional Regional do Alentejo, Portugal 2020 e União Europeia, através do FEDER”. Os bilhetes podem ser adquiridos como sempre na Bilheteira Online, (http://www.bilheteiraonline.pt/Comprar/Pesquisa?q=aljustrel), na receção das Oficinas de Formação e Animação Cultural, em dias de atividades na bilheteira do Cine Oriental, ou no próprio dia do espetáculo.