Município de Aljustrel - Terra Viva

Iniciativas

Vídeo Promocional - Aljustrel, Terra VivaPrograma Aljustrel JovemAgenda 21Ambiente - Eco AljustrelViniculturaCPCJAJulgado de PazConselho SolidárioLinha VerdePatrimónio MineiroJornal Aljustrel Terra Viva

O Serviço

Com o aumento da industrialização, urbanização, desenvolvimento económico e da globalização verifica-se um impacto significativo na saúde e estado nutricional das populações, particularmente nos países em desenvolvimento. Verificou-se um aumento da disponibilidade e variedade de alimentos, com algumas consequências negativas, como a aquisição de maus hábitos alimentares e diminuição da actividade física, aumentando assim as doenças crónicas.

Enquanto uns grupos populacionais padecem pelo excesso de alimento, outros padecem pela falta deste. Mas ambas as situações causam danos na saúde e têm uma taxa de mortalidade elevada.

Mais de um 1 bilião da população mundial adulta tem excesso de peso, metade da qual sendo mesmo obesa. Portugal não foge à regra: estima-se que 40% da população adulta e um terço das crianças tenham excesso de peso ou obesidade.

É urgente unir esforços para inverter esta situação. Se não forem tomadas medidas drásticas, metade da população mundial sofrerá de obesidade em 2025.

Assim, o peso a mais não é só um problema estético. É uma doença com muitos riscos para a saúde e responsável por doenças crónicas graves, (diabetes, hipertensão arterial, dislipidémias, doenças osteoarticulares, insuficiência respiratória, apneia do sono, asma, doença cardíaca, acidentes vasculares cerebrais, infertilidade e alguns tipos de cancro).

Não menos importante, quando se fala em obesidade, são as diversas dietas que os indivíduos acabam por fazer ao longo da vida. Dietas restritas em hidratos de carbono ou proteínas, já comprovaram não serem eficazes. Estas dietas não podem ser mantidas ao longo da vida, e acabam por levar a um efeito “io-iô”. Para um emagrecimento estável é importante a mudança de hábitos alimentares aliados à actividade física, ou seja, a adopção de um estilo de vida saudável.

 

O contributo da Câmara Municipal de Aljustrel

A Câmara Municipal, preocupada com os adultos de hoje e adultos de amanhã, aposta num Serviço de Nutrição com o objectivo de promover a saúde dos seus munícipes.

Neste sentido o município dispõe de um Gabinete de Nutrição em que o serviço é prestado pela nutricionista municipal, que fornece avaliação, aconselhamento e acompanhamento nutricional à variada população de Aljustrel.

Também as escolas contam com os serviços da nutricionista, no que diz respeito à alimentação colectiva das crianças; promoção de alimentação saudável; identificação de crianças em risco nutricional, visando o planeamento de acções específicas.

Estão também a ser desenvolvidas várias iniciativas locais no âmbito da Alimentação, dirigidas a todos os Aljustrelenses, incluindo a articulação deste serviço com a Unidade Móvel de Saúde do Concelho de Aljustrel.

Assim, a presença de um Serviço de Nutrição no Município é um estímulo na promoção da saúde, com a mudança de Hábitos Alimentares aliados à Actividade Física, ou seja, a adopção de um Estilo de Vida Saudável.